Top Poemas

terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Aqui Publico o meu primeiro poema de 2007, espero que gostem:

Sonho Perdido

Cai um sonho
Imaginado ao longo de anos
Como se a chuva o levasse
Para longe de mim
Para longe do meu coração
Para longe da minha alma.

Cai a beleza
Que por momentos iluminou o meu ser
Que me deu vitalidade
Vontade de vencer,
Vontade de conquistar,
Vontade de viver.

Cai o incentivo
Que me fazia caminhar
Neste trajecto que tenho que percorrer,
Com determinação
Com convicção
Com emoção

Cai por terra
A chama que fazia arder o meu coração
E que lhe dava vibração
Vital para eu me sentir vivo,
Vital para eu me sentir real,
Vital para me sentir realizado.

Cai no passado tudo o que sonhei
E agora ocupa o seu lugar uma nova esperança.
Que me fará recuperar desta perda,
Sem desesperar,
Sem desanimar,
Sem tirar a força para novos sonhos conquistar.

Escrito por João Filipe Ferreira em (01/01/2007)

4 comentários:

MARIA VALADAS disse...

Um poema que nos faz emocionar...

LIndo..e muito sentido!

Obrigada pela visita ao meu " cantinho"

Abraço de uma nova amiga
Maria

Inominável Ser disse...

Inomináveis Saudações, João Filipe Ferreira.

Cair... Erguer-se... Cair... Renovar-se... Cair... Aprender... Cair... Sobreviver... Cair... Nascer... Cair... Renascer... Cair... Saltar... Cair... Mergulhar... Cair: Face Da Verdade Do Nosso Cair.

Apenas Caindo aprendemos a ser Verdadeiros Seres. Se as Elevações fossem definições de Altas Realizações, logo que as tivéssemos alcançado seriam inúteis em todos os sentidos, em todos os horizontes possíveis de expansões delas. A Queda possui horizontes infinitos de lições, horizontes infinitos de mensagens verdadeiras ao nosso Eu Verdadeiro, O Sobrevivente De Todas As Quedas.

Vosso Eu Verdadeiro, João Filipe Ferreira, esteve a direcionar-te sublime na realização da obra poética que postastes. São versos mui versáteis, cada estrofe é mui tenaz nas Verdades Ocultas que apresentam aos olhos daqueles que vasculham mais do que as simples palavras. São versos poderosos, que fazem refletir e que tornam-se refletores desta Grande Verdade: CAIR É A VERDADEIRA SALVAÇÃO.

Saber Cair...

Saber Erguer-Se...

A Salvação é assim...

A Salvação Individual é assim...

Salvação Coletiva?

Não!

Existe apenas a Salvação de cada um para e por si mesmo.

Cada um que Saiba Cair.

Cada um que Saiba Erguer-Se.

Cada um que Saiba Salvar-Se.

Saudações Inomináveis, João Filipe Ferreira.

rouxinol de Bernardim disse...

Gostei muito. Oxalá 2007 seja o ano do sucesso para esses lados. Têm o apoio dos deuses...

Visitem o meu blog e vejam o monstro que lá está!!!!

Vera disse...

Por vezes tudo cai à nossa volta, mas felizmente temos a capacidade de nos erguermos de novo!

Felicidades